Quinta-feira, Dezembro 5, 2019
Home > Últimas Notícias > Relembre os “dibres” inesquecíveis de Ronaldinho Gaúcho; assista

Relembre os “dibres” inesquecíveis de Ronaldinho Gaúcho; assista

Relembre os

Os ‘dibres’ de Ronaldinho Gaúcho encantaram o mundo e conquistaram uma legião de fãs, além de duas Bolas de Ouro para o brasileiro.

Com isso, refrescaremos sua memória com os principais lances do brasileiro, que deixou muita gente de queixo caído e que fez até torcida arquirrival aplaudir de pé.

Fora dos campos há algum tempo, Ronaldinho Gaúcho foi um dos melhores jogadores pelos times que passou.

O ex-meia de grandes clubes da europa como Barcelona, PSG e Milan, é lembrado sempre por grandes lances, como gols de falta, dancinhas e seus inesquecíveis ‘dibres’. 

imagem09-04-2019-22-04-13
Divulgação

1. Estreia na Seleção Brasileira

Não há jeito melhor de começar esta lista do que com o primeiro ‘dibre’ marcante de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Brasil.

Logo em sua estreia com a seleção brasileira, o jogador que, na época, era apenas uma promessa do Grêmio mostrou a que veio e impressionou a todos com um belo chapéu e um golaço.

O jogo era contra a Venezuela pela Copa América e terminou com o elástico placar de 7 a 0. Como o jogo estava tranquilo para o Brasil,

Ronaldinho entrou no segundo tempo no lugar de Alex e aprontou essa, deixando Galvão Bueno surpreso. Quem não lembra dos repetidos “Olha o que ele fez!” do narrador na jogada? 

2. Distribuindo ‘chapéis’

O marcante chapéu triplo contra o Athletic de Bilbao Em março de 2004, Ronaldinho Gaúcho realizou um dos lances mais lembrados de sua carreira: o chapéu triplo em cima de Javi González (camisa 11) e Carlos Gurpegina (camisa 18) na partida contra o Athletic Bilbao. 

Era a sua primeira temporada com a camisa do Barcelona e ele já mostrou aos torcedores espanhóis o que traria à equipe: muitos “dibres”.

O jogo foi no Camp Nou e terminou com vitória dos donos da casa por 2 a 0, com gols de Luis Prieto e Ludovic Giuly. 

3. Dunga foi vítima do ‘dibre’

Esses ‘dibres’ em Dunga na final do Campeonato Gaúcho de 1999 Ronaldinho Gaúcho ainda era uma jovem promessa do Grêmio quando encarou a marcação de um capitão de seleção brasileira no clássico contra o Inter em uma final de Campeonato Gaúcho.

Mas ele não se intimidou. 

Em 1999, o meia deu um baile em Dunga duas vezes durante uma das partidas da final do estadual.

Naquele ano, o Grêmio foi o campeão vencendo dois dos três jogos decisivos.

4. Aplaudido de pé no Santiago Bernabeu

Esse dia ficou marcado pra história. Ronaldinho foi tão brilhante no clássico contra o Real Madrid em 2005 que a torcida rival teve que reconhecer e o aplaudiu de pé em pleno Santiago Bernabeu.

O jogo terminou 3 a 0 para o Barcelona, com dois gols de Ronaldinho Gaúcho. Ser aplaudido pela torcida rival é um feito que, até então, só Maradona tinha conseguido, na sua rápida passagem pelo Barça nos anos 80. 

Relembre:

5. ‘Dibres’ no PSG

A fila que ele fez neste jogo pelo PSG Antes de virar ídolo no Barcelona, Ronaldinho Gaúcho já “dibrava” muito na França.

Esta fila com uma meia-lua para finalizar está aí para provar isso. O jogo foi uma goleada do PSG sobre o Lorient por 5 a 0 pelo Campeonato Francês em janeiro de 2002. além do drible, Ronaldinho também marcou um dos gols do time de Paris. 

6. Jogador ficou perdido

O dia em que ele deu um perdido neste jogador do Chievo… que está procurando Ronaldinho até hoje. Luca Rigoni, então jogador do Chievo, foi a vítima do meia neste lance.

O jogo foi em 2010, no Giuseppe Meazza, e teve outros brasileiros como protagonistas: Alexandre Pato, duas vezes, e Robinho foram os responsáveis pelos gols do Milan na vitória por 3 a 1.

O gol do Chievo foi marcado por Boštjan Cesar. 

7.  Pedaladas

Essas pedaladas incríveis contra o Milan O lance foi nas semifinais da Liga dos Campeões na temporada 2005/2006, quando o Barcelona foi campeão.

O time espanhol passou para a final após vencer o Milan por 1 a 0 fora de casa e empatar em 0 a 0 no Camp Nou. 

8. A bela sequência de dribles contra o Real Sociedad Ronaldinho não só deu esse drible expetacular como marcou o gol da vitória do Barcelona sobre o Real Sociedad pelo Campeonato Espanhol.

O jogo foi disputado em 21 de março de 2004, no Camp Nou.

(Fonte: UOL)

Deixe um comentário