Sábado, Dezembro 7, 2019
Home > Últimas Notícias > Nikola Tesla, inventor do ‘Hi-Fi’,começa ser reconhecido após 100 anos

Nikola Tesla, inventor do ‘Hi-Fi’,começa ser reconhecido após 100 anos

Nikola Tesla, inventor do ‘Hi Fi’,começa ser reconhecido após 100 anos

Mais de 75 anos após sua morte, ocorrida em 1943, e há mais de 100 anos de alguns de seus inventos, o mundo começo a render-se a um dos maiores gênios da humanidade em todas as épocas, o croata (nascido no antigo Império Austro-Húngaro), Nikola Tesla, o engenheiro elétrico cuja capacidade de invenção se compara a Thomas Edison, e que foi incrivelmente revolucionário na criação de tecnologias, no século XIX, e que hoje são aplicadas com êxito sobretudo no campo das telecomunicações.

Nikola Tesla, inventor do ‘Hi-Fi’,começa ser reconhecido após 100 anos
 Nikola Tesla

Tesla, inventou o que hoje usamos como “hi-fi”, e com sua obsessão pela tecnologia sem fio levou a desenvolver várias invenções e teorias focadas na transmissão de dados.

Em 1898, Tesla fez uma demonstração de um aparato “autômato”, sem fios, controlado de forma remota.

Hoje, provavelmente o chamaríamos de um “drone”, uma espécie de avião de brinquedo que comandamos à distância.

Aproveitando o máximo da comunicação sem fio, da robótica e das portas lógicas (circuitos integrados em um chip), surpreendeu a todos com essa tecnologia, e muita gente pensou que havia um pequeno macaco controlando o sistema de dentro do objeto.

Tesla acreditou que, um dia, as máquinas controladas de maneira remota ocupariam um lugar importante na vida das pessoas – e se aproximou muito daquela que seria nossa realidade hoje.

O inventor chegou a escrever que, um dia, seria possível transmitir sinais telefônicos, documentos, arquivos musicais e vídeos em todo o mundo usando a tecnologia sem fio.

Hoje, isso é possível por meio do Wi-Fi. Tesla revelou outro prognóstico futurista em uma entrevista à revista americana Colliers, em 1926. Desenvolvendo sua ideia de que uma tecnologia seria capaz de transmitir imagens, músicas e até vídeos para o mundo todo, ele criou uma expressão, “a tecnologia de bolso”, chegando a prever a invenção dos smartphones quase 100 anos antes de eles terem se tornado uma realidade.

Nikola Tesla, inventor do ‘Hi-Fi’,começa ser reconhecido após 100 anos

“Poderíamos presenciar e escutar eventos como se estivéssemos neles”, explicou à época.

E ainda que o próprio Tesla nunca tenha chegado a tal descoberta, sua previsão se cumpriu na década de 1990, com a invenção da “World Wide Web”, nosso conhecido “www”.

Embora tenha sido esse gênio fenomenal, especialmente no campo da aletricidade e das domunicações, sendo o pai de diversas invenções não creditadas ao seu nome, Tesla permitiu que o mundo em que hoje vivemos seus inventos se tornassem real.

Tesla, contudo, é considerado um cientista absurdamente injustiçado, não reconhecido por sua grandeza.

Uma das razões para isso, seria o grande conflito que manteve com outro grande inventor, Thomas Edison, com quem trabalhou e teve sérios desentendimentos.

Ele jamais se tornaria tão famoso como seu “arqui-inimigo”, Thomas Edison — que, além de ter sido seu maior rival, também chegou a ser seu chefe.

A reparação das injustiças à Nikola Tesla começa a ser feita em alguns lugares do mundo.

Em dezembro de 2013, por exemplo, uma estátua em tamanho real de Tesla, agora conhecido como importantíssimo cientista e inventor foi responsável por inúmeras inovações no campo da eletromagnética e mecânica, foi instalada em Palo Alto, no Vale do Sílício, Califórnia.

veja também:

O mentor dessa empreitada foi um empresário que identificou-se com a história de Tesla como imigrante que prosperou nos Estados Unidos e, como forma de homenageá-lo, angariou fundos no Kickstarter para a construção dessa estátua que, além de remeter à memória do cientista emite sinais em WI-FI!

Nikola Tesla, inventor do ‘Hi-Fi’,começa ser reconhecido após 100 anos

(Por: Memorial Meio Norte)

Deixe um comentário