aecio-neves-denunciado-por-corrupao-passiva-e-lavagem-de-dinheiro

Aécio Neves é denunciado pela PGR por propinas de R$ 65 milhões 

A Procuradoria-Geral da República – PGR, denunciou o deputado federal Aécio Neves – PSB, pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 

Aécio Neves teria recebido R$ 65 milhões em propinas de duas construtoras quando exercia o cargo de senador e governador do estado de Minas Gerais.

 

De acordo com a denúncia da PGR, encaminhada ao Supremo Tribunal Federal – STF, aponta que o deputado recebeu R$ 30 milhões da construtora Odebrecht e mais R$ 35 milhões da Andrade Gutierrez.

 

Os valores recebidos por ele teriam sido resultados de vantagens indevidas.

 

“As provas coligidas na investigação demonstraram a existência de um pernicioso e perene esquema de troca de favores, cujo epicentro é Aécio Neves, configurando um sistema institucionalizado de corrupção”, escreve a subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo.