Economistas, empresários e banqueiros pedem lockdown nacional

Início » Economistas, empresários e banqueiros pedem lockdown nacional
Economistas, banqueiros e empresários de todo o país divulgaram neste domingo, 21, uma carta aberta em que pedem medidas mais duras no combate à pandemia da Covid-19. O documento, que recebeu mais de 500 assinaturas, é considerado a primeira manifestação significativa da área econômica diante do recrudescimento do vírus.

A carta aberta critica, sem citar nomes, a postura adota por líderes políticos, sobretudo aqueles que reforçam normas antissociais em relação à pandemia, dificultando a conscientização da população em relação aos comportamentos sanitários necessários para conter a disseminação do vírus.

Dentre as medidas sugeridas pela comissão, destaca-se a necessidade de adotar um lockdown nacional ou regional, que deve ser definido com base em critérios de abrangência das atividades, cronograma de duração e forma de implementação. Além desta, a aceleração no ritmo de vacinação e o incentivo do uso de máscaras também foram propostas.

De acordo com o economista Marco Bonomo, que atuou na criação da redação do texto, “existe um senso de urgência ao problema”. Agora, a expectativa é de que o documento seja encaminhado junto aos representantes dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) o quanto antes.

Para saber mais sobre a carta aberta, chamada de “O País Exige Respeito; a Vida Necessita da Ciência e do Bom Governo”, acesse o documento na íntegra.

Leia ainda: Sua CNH venceu na pandemia? Veja como pedir a renovação simplificada pela internet


Com informações do site Edital Concursos Brasil