Sexta-feira, Dezembro 6, 2019
Home > Cidades > Saca da soja é vendida a R$ 65, em Machadinho, o preço mais caro de Rondônia

Saca da soja é vendida a R$ 65, em Machadinho, o preço mais caro de Rondônia

Saca da soja é vendida a R$ 65 em Machadinho, preço mais caro de Rondônia

A Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia  (Emater-RO), realizou, entre os dias 21 e 25 de janeiro, a pesquisa de preços da bolsa de soja.

A citação refere-se ao valor pago diretamente ao produtor rural.

Cidade com melhor preço de soja é Machadinho — Foto: Reprodução/RBS TV
Cidade com o melhor preço da soja é Machadinho — Foto: Reprodução/RBS TV

A cidade com melhor preço da soja é Machadinho — Foto: Reprodução/RBS TV

Machadinho D’Oeste (RO), no Vale do Jamari, é o que melhor paga o produtor rural pela saca de soja. Na cidade, o saco de 60 kg sai a R$ 65.

O preço é muito maior do que o pago em Vilhena (RO), a região líder na produção de soja. No mercado vilhenense, a saca custa R$ 57.

Em média, segundo a Emater, o preço médio da bolsa custa r$ 59,25 em Rondônia.

Ver o preço da saca de soja em Rondônia

CidadePreço da saca
AriquemesR$ 57
Machadinho D’OesteR$ 65
Colorado do OesteR$ 58
VilhenaR$ 57
CabixiR$ 62
CerejeirasR$ 53,68
CorumbiaraR$ 57
PimenteirasR$ 59

Na mesma pesquisa, a Emater levantou o preço pago ao produtor pelo saco de feijão carioca, também de 60 quilos.

Neste ponto, Alta Floresta é a cidade com feijão mais caro: R$ 100 da bolsa. No estado, o preço médio da saca varia de R$ 80.

Veja abaixo o preço do saco de feijão em 3 cidades pesquisadas:

  • Alta Floresta do Oeste: R$ 100
  • Rolim de Moura: R$80
  • São Miguel do Guaporé: $80

Deixe um comentário